Tivemos cerca de 87mil visitas desde janeiro/2016 - 7700/mês e mais de 214 mil desde julho/2007

12.6.12

Socialistas somam e seguem em França

Os resultados da primeira volta das legislativas em França, podem ser aqui consultados.

Desde logo a salientar a brutal subida da FN, partido pós-fascista de extrema direita, o verdadeiro farol de todos os extremismos, os quais consomem a europa há já década e meia. Ao atingir mais de 13% dos votos expressos, quando em 2007 apenas tinha tido cerca de 4,5%, vai condicionar de forma determinante os resultados da segunda volta.

O aumento consistente da extrema direita em França e um pouco por toda a Europa, a par de um conjunto de movimentos de "brincadeira democrática", os quais vão elegendo deputados regionais e federais em vários locais, coloca uma Europa cheia de idosos ricos e de jovens altamente especializados e desempregados, à beira do abismo, com uma revolta sem precedentes.

Em todo o caso, apesar dos neo-conservadores e neo-fascistas relvianos comentadores instalados em Portugal o pretenderem desvalorizar, os SOCIALISTAS ganharam este primeiro round, subindo de 25% para 29,5%. Por seu lado os liberais-conservadores no poder até há um mês atrás, da família do PPD-PP, perderam, baixando dos 29% para os 27%.

O mapa supra, onde o rosa representa os socialistas e o azul os conservadores, espelha bem a alteração em curso em França. É ligeira, perigosa pelo peso da extrema-direita, mas consistente.

Como já por aqui fomos escrevendo, o processo só estará terminado com a definitiva derrota dos conservadores alemães da CDU de Merkl, que é para o nosso (des)Governo o seu Alfa e Ómega. E a partir desse dia, basta começarmos a contar os dias até Portas retirar o tapete a Relvas e quejandos.
Até lá temos de sobreviver e lutar!

Sem comentários: