Tivemos cerca de 87mil visitas desde janeiro/2016 - 7700/mês e mais de 214 mil desde julho/2007

22.3.12

Comissão de Ética do Hospital, descalabro orçamental e sondagens

Noticía o meu camarada Hugo Cristóvão aqui, que o nosso colega blogger António Rebelo, foi nomeado para a Comissão de Ética do Centro Hospitalar do Médio Tejo, pelo respetivo Conselho de Administração.

Fiquei contente: finalmente um Tomarense não ligado diretamente ao setor da saúde, integra um órgão daquela instituição. E é de todo insuspeito que a escolha tenha recaído, logo por uma das pouquíssimas vozes locais que apoia incondicionalmente a política de destruição do Serviço Nacional de Saúde, que tem sido desenvolvida por este Governo, com incidência na nossa terra. Está bem achado, sim senhor!

Especialmente interessante é o fato de também ontem ter sido conhecida a execução orçamental do País nos primeiros dois meses do ano.
Conclusão: o descalabro anunciado. Aumento de despesas, redução de receitas.... mas que raio: então a austeridade não era para gerar mais receitas ao Estado? Ah, não?? Pois... Algo não bate certo no reino da Dinamarca e está visto que a política que vem sendo seguido de mais austeridade, mais cortes, menos serviços, menos apoios sociais, só dá mais desemprego, maiores despesas do Estado e menos receitas.

Assim sendo, como vamos pagar os empréstimos que simpaticamente a "troika" nos fez, com a promessa de serem honradas. Será que vale a pena aplicar mais medidas de "contenção" financeira, do que as que a própria troika preconizava? está visto que não.

No entretanto vamos ficando mais pobres, sem possibilidade de pagar as dívidas geradas e hipotecando o nosso futuro. Até quando aguentará o povo tanta "carga"? Julgo que já não será por muito tempo. E aí, ou os agrupamentos políticos dão resposta aos problemas levamtados ou então o povo encongtrará o seu próprio caminho: sempre assim foi na História.

Tudo isto acontece sob o pano de fundo da sustentada descida do PSD nas sondagens, que em poucos meses baixou dos 48% para 30% no final de Fevereiro, a pouco mais de 4% do PS que recolhe 26% das intenções no Barómetro da Marktest , perante subida da CDU, com 9%, e manutenção do BE, 6%, e do CDS com 4%.

E venha de lá essa ética...
.

Sem comentários: