Tivemos cerca de 87mil visitas desde janeiro/2016 - 7700/mês e mais de 214 mil desde julho/2007

1.7.16

Com estacionamento tarifado aprovado será de fechar a Praça da República ao trânsito?

Agora que foi ontem, dia 30 de Junho, decidido na Assembleia Municipal, por 31 votos a favor e apenas 1 contra, tarifar o estacionamento à superfície na Cidade de Tomar, começando agora em quatro zonas específicas: na Av.Cândido Madureira e travessas para a Várzea Grande, na Av. Marquês de Tomar-CTT (que já estava tarifado), nas duas bolsas de estacionamento da Av. Norton de Matos junto ao ex-BES e CGD e ainda na Alameda Um de Março. 

Ficou ainda decidido garantir a todos os comerciantes e residentes das zonas abrangidas pelo estacionamento condicionado - Centro Histórico, e zonas de estacionamento tarifado, o acesso em condições de igualdade, a um dístico para colocar na viatura.
 
No centro histórico fica reservado o estacionamento aos aí residentes e comerciantes. E na Rua João dos Santos Simões (atualmente tarifada em parte), será criada uma bolsa para estacionamento exclusivo dos residentes/comerciantes da Alameda Um de Março.

Mas pensemos mais à frente.

A polémica introdução dos 61 pilaretes na Praça da República, os quais tiveram um preço total de aquisição de cerca de 1.400€, de forma a que não houvesse mais estacionamento abusivo, levou ao (res)surgimento de algumas (boas) ideias.

Destaco desde logo, a do Engº Manuel Alves, que propôs o seu definitivo encerramento, após estudos de circulação.
Concordo com a abordagem!

De facto não é absolutamente necessário manter-se a circulação automóvel na Praça da República, especialmente agora que o estacionamento em todo o centro histórico fica condicionado aos aí residentes ou aí comerciantes.
Para que tal se concretize, atrevo-me a propor a escrutínio público, para depois ter o necessário estudo técnico, as seguintes alterações:

· Haveria entrada de trânsito pela Rua do Pé da Costa de Baixo (Turismo), passagem nas traseiras do Edifício D.Manuel (Câmara) e saída pela Rua Dr. Sousa (no Largo do Pelourinho);

· Haveria entrada de trânsito pela Rua Infantaria 15 e saída pela Rua de S.João, na Rua Everard;

· Haveria inversão de trânsito na Rua Alexandre Herculano, passando esta a ter a circulação idêntica a todas as demais ruas do Centro Histórico;

· A entrada para o Parque de Estacionamento far-se-ia pela Rua do Pé da Costa de Cima e a saída para a Rua Dr. Sousa (inversão do atual sentido)

Até ao fim dos estudos e implementação das alterações, defendo a manutenção dos pilaretes!


Sem comentários: