Tivemos cerca de 85mil visitas desde janeiro/2016 - 7600/mês e mais de 212 mil desde julho/2007

17.6.10

Animação da Praça da Republica: de 19 de Junho a 12 de Setembro

Antecipando em dois dias a chegada oficial do Verão, Tomar abre a época no próximo sábado, dia 19 de Junho, com o Praça-Viva 2010, programa de animação do centro histórico.
A iniciativa, que vai trazer essencialmente animação de rua, insere-se no âmbito das Parcerias para a Regeneração Urbana, organizada pela ADIRN com o apoio da Câmara Municipal de Tomar, e cujo objectivo é dar mais vida ao centro da cidade e promover o comércio local.
Partindo da evidência de que Tomar é um pólo de produção cultural relevante e o elevado número de associações de natureza artística e cultural sedeadas no concelho, pretende-se que este potencial criativo constitua uma mais-valia para a dinamização cívica, cultural e comercial do centro histórico, bem como para a projecção junto de visitantes e turistas de um ambiente urbano vibrante e atractivo, que valorize a visita e a estada.
Aliás, a atractividade turística de Tomar, articulada com a sua ambição em se afirmar enquanto pólo de turismo urbano e cultural, fundamentam também a necessidade de oferta turística e, em particular, de um programa de animação cultural do centro histórico.
Por outro lado, a importância deste projecto encontra-se alicerçada na existência das referidas potencialidades locais que importa promover e valorizar não só numa dimensão cultural, mas também económica e social, considerando o importante papel das colectividades na promoção e formação artística junto das crianças e jovens.
 
Música e dança para começar
 
O espectáculo multidisciplinar “Percurso nas Artes”, da Sociedade Filarmónica Gualdim Pais, com música e dança, abre a programação, no próximo sábado, pelas 21.30 horas, na Praça da República.
Depois começa a programação mais regular, todas as semanas de quinta-feira a domingo. A música coral dá o tom para estes primeiros espectáculos na Praça da República, quinta, 24 com o Canto Firme e sexta com o Coro da Sociedade Recreativa e Musical da Pedreira. O Canto Firme volta a cantar no sábado, 26 na igreja de S. João Baptista, à mesma hora que a Banda Payalvense Manoel de Mattos toca no Coreto, no jardim da Várzea Pequena. Nesse mesmo local, domingo, 27, pelas 17 horas, um Encontro de Bandas promovido pela Banda da Pedreira fecha o fim-de-semana.
Folclore, danças de salão, teatro de rua e grupos musicais de características diversas juntam-se às bandas e aos coros todas as quintas, sextas, sábados e domingos em Julho, Agosto e na primeira quinzena de Setembro.
 
Dinâmica do centro histórico
 
O programa Praça-Viva foi apresentado e aprovado, no âmbito das Parcerias para a Regeneração Urbana, com um conjunto de objectivos gerais que incluem a criação de um centro histórico vibrante com acontecimentos culturais e com animação constante, que projecte a imagem da dinâmica cultural da cidade e projecte a identidade colectiva; estimular e valorizar o papel das colectividades culturais na formação artística e cultural dos jovens e crianças; fazer da Praça da República o coração do “centro comercial ao ar livre” de Tomar e âncora da animação do comércio; mobilizar os jovens e crianças para a aprendizagem artística e cultural e, finalmente, aumentar a atractividade turística de Tomar.

Para este ano de 2010, foram ouvidas as diversas associações do concelho, no sentido de darem o seu contributo para o programa de animação. Participam a Canto Firme de Tomar – Associação Cultural, a Sociedade Nabantina, a Sociedade Recreativa e Musical da Pedreira, a Sociedade Filarmónica Gualdim Pais, a Sociedade Payalvense Manoel de Mattos e os ranchos folclóricos “Os Camponeses” da Peralva, “Os Camponeses” de Minjoelho, “As Lavadeiras” da Asseiceira, Linhaceira, “Os Canteiros” da Pedreira, Alviobeira e S. Miguel de Carregueiros.

Sem comentários: