Tivemos cerca de 85mil visitas desde janeiro/2016 - 7600/mês e mais de 212 mil desde julho/2007

7.9.12

Autarquias são o sub-setor do Estado que mais reduziu o Emprego

Recebi ontem o boletim do emprego publico, com a analise da evolução do emprego no estado setor a setor, com um dado muito interessante.

Desde o final de 2011 até 30/6/2012, ou seja, no primeiro semestre de 2012 o emprego publico baixou em Portugal 1,4%, longe ainda do objetivo traçado de 2%, mas em todo o caso falta ainda meio ano. Esta descida é em todo o caso muito fictícia, visto que ela é essencialmente obtida pelas aposentações, o que nao significa uma redução de despesa publica, mas apenas a transferencia dessa despesa das Finanças para a Caixa Geral de Aposentações.

Ainda assim em Junho de 2012 eram apenas 605.212 os funcionários públicos em Portugal, ou seja cerca de 11% dos activos e 13% dos empregados, um valor mais do dentro dos rádios europeus, próximos dos 15%.

A administração central do Estado, com 452.127 funcionários baixou 1,3% e a administração local, com 120.636 baixou 1,8% neste semestre.

Assim, as autarquias locais, as quais sao responsáveis por perto de 20% do investimento publico criado em Portugal e com isso com a dinamização da economia, especialmente a economia local, geradora de emprego, foi a que mais reduziu pessoal, enquanto a administração central "resiste" a essa redução.

Para quem tem feito uma verdadeira cruzada contra o poder local, o Governo PPD-CDS e o seu Ministro Relvas, estes dados sao mais uma prova do seubfalhanço.
A esse propósito quando se demite Relvas?

Sem comentários: