Tivemos cerca de 87mil visitas desde janeiro/2016 - 7700/mês e mais de 214 mil desde julho/2007

3.9.12

A sirene toca sempre duas vezes

... uma para retomar um hábito [Ontem por volta das 20H30], perdido ao longo de anos, porque ineficaz e desnecessário...
 
... outra para nos informar que a antecipação dos meios humanos necessários ao Estado de Alerta Amarelo que se vivia, não funcionou...

E o resultado?

Tomar: Fogo aproxima-se de zona com casas
O incêndio que lavra desde o princípio da noite de domingo no concelho de Tomar está a evoluir em direcção ao Carril, num local com muitas habitações dispersas, disse à agência Lusa o vice-presidente da autarquia.
 
José Perfeito, que detém o pelouro da Protecção Civil, disse à Lusa que até ao momento não há registo de qualquer casa afectada, sublinhando que o esforço do combate se está a concentrar nos locais onde residem pessoas e na tentativa da salvaguarda de bens.
"Estamos preocupados porque o incêndio assumiu dimensões consideráveis. Já deixou a freguesia da Serra, onde se mantêm alguns focos, e entrou na freguesia de S. Pedro, onde a frente de fogo se dirige com grande intensidade para a zona do Carril", afirmou.
 
Os dois incêndios que lavram desde domingo no distrito de Santarém mobilizam um total de 643 operacionais - 502 em Mata (Ourém), e 141 no incêndio que começou cerca das 20:20 em Amoreira (Tomar) -- havendo, nas duas situações, construções em risco, disse à agência Lusa fonte da protecção civil.
 
Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém (CDOS), há neste momento algumas habitações em risco junto à povoação de Resouro, no concelho de Ourém, e em Vale do Roxo, no concelho de Tomar.
 
José Perfeito sublinhou que existem dispersas na zona muitas habitações não permanentes, em que os proprietários não estão presentes.
 
A fonte do CDOS disse não ser ainda possível contabilizar o total de habitações atingidas pelo fogo que lavra no concelho de Ourém desde as 12:20 de domingo, tendo o presidente da autarquia, Paulo Fonseca, afirmado à Lusa que arderam duas casas de habitação permanente e algumas outras devolutas e ainda uma empresa de plásticos.
 
Há ainda a registar a ocorrência de uma morte, disseram ambas as fontes.
 
O combate a este incêndio, que mantém uma frente activa, está a ser feito por 502 operacionais e 152 veículos de 78 entidades (várias corporações de bombeiros dos distritos de Santarém, Portalegre, Castelo Branco, Lisboa e Évora, sapadores, Exército, GNR), auxiliados por um meio aéreo.
 
O incêndio que deflagrou cerca das 20:20 no lugar de Amoreira, na freguesia da Serra, concelho de Tomar, mantém uma frente ativa, que está a ser combatida por 141 operacionais de 24 entidades e 39 viaturas, adiantou a fonte do CDOS.
 
*** *** ***
 
E agora que estamos em ALERTA LARANJA, que medidas foram tomadas para o reforço e substituição dos Homens na frente de fogo?

Já foi requerido por mim, enquanto Vereador, toda a informação tendente a perceber o que foi preparado e o que está a ser feito.
 
Entretanto e por decisão do Presidente de Câmara, responsável direto pela gestão dos recursos humanos da autarquia (segundo a competência própria que a Lei lhe confere), foram dadas a semana passada ordens para que precisamente hoje, os funcionários Paulo Matos e José Freire, até Sexta-feira em serviço nos Bombeiros, se apresentassem nos SMAS, o que viria a ser alterado hoje de manhã...
Isto em plena ÉPOCA DE FOGOS e com o CONCELHO A ARDER!
Isto sim é que é saber gerir.
Coitadas das populações que estão entregues a tamanha desorganização...
E coitados dos Bombeiros, que dando o seu melhor, lhes vêm faltar o estímulo, o respeito e o incentivo necessários e exigíveis ao seu épico esforço...
 

1 comentário:

Alfredo Caiano Silvestre disse...

De facto achei estranho quando li que a sirene de Tomar estava a tocar.

Enfim, esperemos por melhores dias mesmo sem grande convicção de que aconteçam.