Tivemos cerca de 85mil visitas desde janeiro/2016 - 7600/mês e mais de 212 mil desde julho/2007

19.8.11

Nunca é tarde para acordar

Uma das poucas missões que estão cometidas aos vereadores, deputados municipais, presidentes de junta é usarem o tempo de exposição publica, que os órgãos a que pertencem facultam, para chamar à atenção para assuntos, os quais de outra forma vão passando despercebidos.

Vem isto a propósito da mais recente "descoberta" da desvalorização da Estação de Fátima.
Recordo que na ultima reunião de Câmara chamei de novo à atenção do assunto, para que o Presidente da Câmara que representa todos os cidadãos e por conseguinte é o único com a autoridade para ser ouvido fora do Concelho, reunisse com quem de direito para precaver males maiores para o Concelho, em relação à Estação de Fátima.

Há cerca de três anos, fruto da posição que então detinha no Governo civil e também do conhecimento pessoal que detinha, estive durante duas longas horas reunido com o então presidente a CP, abordando um conjunto vasto de situações que ao Distrito diziam respeito.

Naturalmente que como tomarense responsável fiz o que me competia, tomando nota de tudo o que me foi então transmitido e argumentando, com a inevitável lógica de que o nó Ferroviário do IC9, tornava a Estação de Fátima o local apropriado e dequado para ser o principalmacesso a Fátima através do respectivo interface.

Foi com agrado que após algumas semanas recebi desse alto responsável a noticia que nada de "grave" em relação à nossa Estação aconteceria, mas que a "pressão" do lado de Tomar era reduzida, para não dizer inexistente. Do assunto dei conta, genericamente, ao então Presidente da Câmara e por diversas vezes abordei o assunto na Assembleia Muniipal. Eu e o respectivo Presidente da Junta da Sabacheira, também eleito pelo PS.

Um longo silencio e inacção tem entretanto imperado e agora que se prevê o encerramento de linhas, estações e operações, deveria o nosso Presidente fazer o que só ele pode fazer nesta fase: reunir com o Presidente da CP e lutar por Tomar. Já o disse a 4 de Agosto e conto repeti-lo a 25, porque este é o momento.

Ou corremos o risco de ver aberto o IC9 até à Nazaré e fechada a Estaçao de Fátima. Neste tempo de ultra-liberalice, corremos mesmo o risco de passar colectivammente um mau bocado.

Sem comentários: