Tivemos 97.798 mil visitas em 2016 - 8150/mês, 26.653 no primeiro trimestre de 2017 e mais de 256 mil desde julho/2010

31.12.16

O que mais gostava para Tomar em 2017: simple is beautiful

Os ingleses têm uma curiosa expressão, que com alguma regularidade utilizo para definir ou propor a estratégia de atuação ou a abordagem adequada para um determinado problema. Essa expressão – Simple is beautiful (simples é bonito/bom, em tradução literal), encerra o conceito de que muitas vezes a melhor solução para um problema complexo é demasiado simples, e está demasiadas vezes ao nosso alcance, diria mesmo debaixo do nosso nariz.

Ora para os problemas de Tomar se resolverem e, sendo tantos, parecem de facto complexos, basta apenas que em 2017 saibamos todos - os autarcas, os empresários, os cidadãos atentos e a grande mole de cidadãos desatentos e preocupados com a sobrevivência do dia-a-dia, fazer o que a cada um compete. É que se cada cidadão fizer o que lhe é exigido, pela função que ocupa, pelo poder que tem, pela ambição que augura para si ou para os seus, grupos, familiares ou amigos, decerto Tomar em 2017 será melhor.

No fundo, é bastante simples: dividir cada um dos grandes problemas em problemas sucessivamente mais pequenos e para cada um deles, aplicar a solução mais simples e, de preferência que tiver menos impacto, no status quo, na despesa pessoal e coletiva e que especialmente ocupe menos tempo.

Simple is beautiful! E devemos ser sempre rápidos, para ganhar tempo para usufruir do ócio. Tomar, que é de todos, pode de facto ser melhor em 2017, bastando cada um fazer o que lhe compete, de forma simples e eficaz. E façam o favor de ser felizes, como dizia no século passado, o nunca indicado para ser laureado pelo Nobel da expressão oral, Raul Solnado. Coisas da vida, simples, diria! E bela, já agora!

Sem comentários: