Tivemos cerca de 87mil visitas desde janeiro/2016 - 7700/mês e mais de 214 mil desde julho/2007

23.4.14

25 de Abril, pela primeira vez valorizado em Tomar

Programa oficial

Dando cumprimento a mais uma promessa por um lado, ao compromisso assumido entre o PS e a CDU e à objetivação de uma estratégia de projetar os valores, os princípios e a memória, o Município de Tomar vai este ano, apela primeira vez desde sempre, fazer uma Assembleia Municipal com sessão solene sobre o 25 de Abril. Isto tudo, além de um programa de comemorações completo, que envolve muitas associações do Concelho, desde as associações políticas e cívicas, às associações culturais e desportivas, incluindo bandas, ranchos, teatro e música coral. Tudo produção local, na valorização daquilo que Tomar promove, daquilo que Tomar tem de melhor.

Tomar entra assim, através da gestão dirigida por Anabela Freitas, no mundo da "verdade histórica", 40 anos depois do grande dia. Esta mudança, sistemática, consistente, que marca o dia a dia de um Concelho que se liberta dos fantasmas que do passado ensombraram, durante décadas, a capacidade de Tomar ficar em "linha" com o seu tempo. Liberdade é, mais do que um conceito teórico, uma vivência diária. Igualdade é, mais do que um grito de esperança histórico, um desígnio que se aplica mesmo a TODOS, em que não há privilegiados, nem perpetuação do "medo" e das "ameaças", mesmo que vindas de alguns atores associativos, empresariais ou políticos, os quais à boa maneira da "política antiga", diziam uma coisa e faziam o seu contrário. Este é, também, o desígnio socialista na gestão do Município, na indicação do caminho para Tomar: mudar tempos e mudar mentalidades, promovendo a justiça.


Cumprir Abril em 2014 é também ser exigente e se o POVO É QUEM MAIS ORDENA, o respeito e a fraternidade, são conceitos em sentido duplo.

Já a homenagem póstuma que será realizada pela câmara de Tomar aos seus ex-presidentes de câmara e assembleia será um dos pontos altos destes 40 anos do 25 de Abril. Desde logo Antunes da Silva, o presidente da comissão administrativa (e irmão de Fraústo da Silva, que estará presente e que foi uma referencia académica e politica - tendo sido mandatário da primeira candidatura de Mário Soares à Presidência em 1986 e um dos três responsáveis pela instalação em Tomar do Instituto Politécnico). Destaque também para Luis Bonet, o primeiro presidente de câmara (eleito pelo PS), o qual após esse primeiro mandato 1977-79, por duas vezes concorreu e por duas vezes assumiu o papel de vereador da oposição, valorizando a democracia conquistada com Abril.

Todos estes são motivos de orgulho e de participação, reflexão e de correção dos erros que foram e estão sendo cometidos. TODOS, independentemente da idade, estamos a tempo de aprender. Abril também nos ensinou isso, ou como dizia um célebre comunista: aprender, aprender, sempre!

25 de Abril sempre!

Sem comentários: