Tivemos cerca de 85mil visitas desde janeiro/2016 - 7600/mês e mais de 212 mil desde julho/2007

7.6.13

Movimento dos Trabalhadores católicos reuniu em Tomar

Encontro de Solidariedade da LOC/MTC,

Movimento de Trabalhadores Cristãos



No dia 26 de Maio, com a presença de 45 militantes e simpatizantes, teve lugar no Centro Pastoral de Tomar o Encontro do dia de Solidariedade da LOC/MTC.

A temática deste encontro, "Sociedade Justa e Sustentável, com Trabalho para Todos", foi orientado pelo perito em economia social, João Lourenço da Base-FUT (Frente Unitária de Trabalhadores).

Da exposição feita pelo orador e das intervenções de alguns dos participantes, há a salientar, a desvalorização do trabalho humano e a consequente destruição de tantos postos de trabalho fizeram aumentar compulsivamente a precarização laboral e o desemprego estrutural com um efeito devastador na vida de tantos homens e mulheres e das suas famílias. Na perspetiva cristã, o ser humano sem trabalho digno não se realiza, não tem independência económica, não contribui para o desenvolvimento social.

Temos o dever de sermos pioneiros em implementar e experimentar uma nova vivência social, baseada nos valores cristãos, onde se possa testemunhar que uma nova organização económica e social é possível. As primeiras comunidades cristãs e o próprio projeto de Jesus Cristo, remetem-nos para a distribuição dos bens, para que todos vivam com dignidade.

O direito à vida exige a justiça distributiva e está acima dos critérios do mercado.

É necessário agir, denunciar profeticamente as situações de injustiça laboral e social a nível local, nacional, e internacional apoiando as pessoas e levando-as a tomarem consciência das realidades.

Defender os direitos sociais para todos os que realmente precisam e incentivar os cidadãos a exercer o dever e a responsabilidade que advém da cidadania, participando ativamente na vida associativa, sindical, política e eclesial.

Promover o bem- estar dos trabalhadores e uma sociedade sustentável. Que as alterações ou as mudanças sejam sempre precedidas de debate público, e que nelas prevaleça sempre o bem comum e a dignidade humana.

Defender o acesso ao trabalho digno e justamente remunerado para todos, no respeito pela capacidade e individualidade de cada um. Defender a redução de horários e ritmos de trabalho, para que este bem precioso possa ser distribuído por mais pessoas.

Afirmar o princípio da subsidiariedade. Incentivar os desempregados e os cidadãos a tomarem nas suas mãos o destino das suas vidas, tornando-se protagonistas na procura de soluções para os problemas individuais e da comunidade.

Estimular o interesse pela formação profissional permanente e integral para a vida, como forma de adquirir e partilhar saberes. Desenvolver uma cultura de proximidade; alertar para a responsabilidade cívica e cristã.

Promover a interajuda familiar, recriarem novas formas de viver, com estilos de vida mais sóbrios e coerentes, com os valores da fraternidade e da solidariedade intergeracional, prevenindo a agressividade e a violência doméstica, e transmitindo os valores humanos e cristãos, que sustentam o bem comum.

Acolher os imigrantes que chegam até nós; que fogem da fome, da guerra, da perseguição política e religiosa. Ajudar a sua integração na sociedade portuguesa.

Intervir e levar outros a intervir e a comprometer-se mais ativamente nas associações locais, nas autarquias, nos sindicatos e nas organizações políticas.

E como este Encontro de Solidariedade, foi também de homenagem aos trabalhadores assassinados no primeiro de Maio de 1886 em Chicago, registamos a frase gravada no monumento da praça haymarketem; "Virá o dia em que o nosso silêncio será mais poderoso que as vozes que hoje vocês calam."

O Encontro terminou com a Celebração da Eucaristia presidida pelo Padre Luciano Oliveira, Assistente Diocesano da LOC/MTC, nomeado no princípio do mês de Maio por D. Manuel Pelino, Bispo de Santarém.


O Coordenador Diocesano da LOC/MTC
António Manuel Faria Freitas
Tomar, 2 de Junho de 2013

Sem comentários: