Tivemos 97.798 mil leitores em 2016 - 8150/mês, 80.511 até ao 3.Trimestre de 2017 - 8.950/mês e mais de 310 mil desde julho/2010 (3.600 por mês, durante mais de sete anos)

10.1.10

Governo adjudica concessão do Pinhal Interior - Finalmente o IC3

A jornalista Ângela Braga [TSF] acompanhou a passagem do primeiro-ministro, José Sócrates, por Ansião onde adjudicou a concessão do Pinhal Interior
Hoje às 15:11


São quase 600 quilómetros de estrada que prometem criar mais de 40 mil empregos, reduzir a sinistralidade e a distância entre Coimbra, Pombal, Vila Velha de Rodão e Tomar. Na cerimónia de concessão, José Sócrates respondeu aos que criticam os grandes investimentos do Governo em tempo de crise, garantindo que não está a hipotecar o futuro.



O Governo adjudicou a concessão do Pinhal Interior, que prevê a construção e reconversão de vias rodoviárias consideradas fundamentais numa zona que se estende de Pombal a Proença-a-Nova.

Na cerimónia, o primeiro-ministro, José Sócrates, respondeu às vozes críticas aos grandes investimentos do Governo, garantindo que não está a hipotecar o futuro, mas sim a criar condições para que os jovens tenham oportunidades que ele próprio não teve, recordando a sua juventude na Covilhã.

O primeiro-ministro José Sócrates classificou em Ansião de «escândalo» a falta de investimento rodoviário na zona do Pinhal Interior nos últimos 25 anos, considerando um acto de justiça a concessão de construção e requalificação de vias, hoje adjudicada.

A concessão Pinhal Interior engloba 22 concelhos en quatro distritos e tem um extensão de 567 quilómetros, 173 dos quais de construção de novos lanços.

Estes respeitam ao IC3 (Tomar-Coimbra), IC8 (entre Proença-a-Nova e a Auto-Estrada A23) e a ligação entre aquela via, na zona da Sertã até Cernache do Bonjardim.

Os novos troços a construir incluem ainda a ligação da Sertã a Oleiros (EN 238) e a Estrada Nacional 342 entre a Lousã, Góis, Arganil e Côja.

Dos 173 quilómetros de lanços a construir, 80 terão perfil de auto-estrada.

A concessão, por 30 anos, representa um investimento total de 1.244 milhões de euros e engloba ainda 135 quilómetros de vias a requalificar, incluindo a variante de Tomar (IC3) ou os troços do IC8 entre Pombal e Ansião e entre Pedrógão Grande e Sertã, entre outros.

Integra ainda a manutenção e exploração de 259 quilómetros de estradas já em serviço.


Sem comentários: