Tivemos cerca de 85mil visitas desde janeiro/2016 - 7600/mês e mais de 212 mil desde julho/2007

21.10.13

Quando é a própria Igreja Católica a começar a intervir, percebe-se que Há mesmo que encontrar um caminho mais justo e solidário

Vaticano acolhe plano do setor cooperativista para uma sociedade mais equilibrada

Private audience in Vatican City

Esquerda - direita: Dame Pauline Green e Sr. Manuel Mariño (ICA), Sua Santidade o Papa Francisco

Uma delegação do setor cooperativista foi recebida pelo Papa Francisco em uma audiência privada. Constatou-se que o Papa Francisco e este setor compartilham uma mesma preocupação com as crescentes injustiças, desigualdades e exclusão social, apesar dos alarmantes sinais dados pela prolongada crise global. O Santo Padre relembrou histórias positivas das cooperativas da época de sua infância, elogiou a visão sustentável destas iniciativas de uma economia mais justa, equilibrada e estável e deixou claro o propósito do Vaticano de dar continuidade às ações iniciadas no encontro, ao fazer apresentações entre os representantes do setor cooperativista e o Pontifício Conselho Justiça e Paz Social.


Roma, 21 de outubro de 2013 – O Papa Francisco recebeu ontem uma delegação de representantes do setor cooperativista. Foram convidados pelo Vaticano Dame Pauline Green, Presidente da Aliança Cooperativa Internacional (ACI ou ICA por sua sigla em inglês), o Sr. Charles Gould, Diretor Geral, Raul Imperial, Presidente da ACI Américas e Manuel Mariño, Diretor Regional da ACI Américas. Representando a Confederação Cooperativa da República Argentina (Cooperar), estavam presentes o Sr. Ariel Guarco, Presidente e o Sr. Ricardo López, Secretário. Durante a reunião, com duração de mais de 30 minutos, o Papa recordou os tempos em que seu pai, em 1954, explicava a ele e a seus irmãos o valor das iniciativas cooperativistas.

Dura crítica do Papa Francisco

O Papa Francisco criticou com dureza as injustiças da sociedade de hoje e denunciou o fracasso de uma integração mais significativa dos jovens e idosos por parte do atual modelo econômico. Ele questionou como a sociedade pôde deixar-se estar a tal ponto, que em nações desenvolvidas como a Espanha e a Itália o índice de desemprego entre jovens é de 40%. Destacou sua confiança nas cooperativas que têm por objetivo construir um futuro onde as pessoas – e não objetivos de lucro - ocupem uma posição central. “Se pessoas a uma quadra de distância morrem de frio ou fome, este fato não sai nas notícias, mas se as ações caem 2 ou 3 pontos na bolsa de Londres ou Nova Iorque, isso sai ao ar imediatamente”, disse o Papa Francisco.

O setor cooperativista, ao compartilhar suas visões, oferece sua ajuda a todas as organizações

Dame Pauline Green: “O setor cooperativista está orgulhoso e honrado por compartilhar esta visão em comum com o Vaticano de uma sociedade mais inclusiva, equilibrada e mobilizante. Este é outro sinal de que o setor cooperativista sem dúvida está progredindo. No ano passado a ONU declarou 2012 o Ano Internacional das Cooperativas. Em 2013, isso se confirmou através da bem-sucedida assinatura de nosso acordo com a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) no dia 15 de outubro. Algo está mudando na sociedade e as cooperativas estão orgulhosas de serem uma plataforma propulsora, mas altamente sustentável, de uma economia mais satisfatória”.

Charles Gould: "O setor cooperativista considera o convite do Vaticano um marco histórico. As pessoas hoje em dia se sentem alheados dos modelos econômicos e sociais dominantes, enquanto estes mesmos modelos controlam suas vidas. Acho que isso fica bastante claro nos movimentos ‘Ocupe Wall Street‘, ‘Ocupe Londres’, ‘Ocupe Todos os Lugares‘– em todos eles está presente esta ideia de que ‘isso não está funcionando para nós‘. E não se trata de algo isolado, mas sim de algo amplamente compartilhado. Este encontro extremamente positivo com o Vaticano confirma que as preocupações do setor cooperativista são compartilhadas por importantes atores sociais e que precisamos unir forças com outras organizações fora do movimento cooperativista, compartilhando nossa decisão de melhorar, diversificar e equilibrar a sociedade e a economia para poder melhorar”.

Novembro: Será divulgada uma estratégia para o Desenvolvimento da África

Dame Pauline Green e o Sr. Charles Gould pediram ao Papa Francisco que enviasse uma mensagem de apoio e encorajamento à Assembleia Mundial do movimento a ser realizada na Cidade do Cabo, África do Sul, de 1 a 5 de novembro deste ano. Durante a Assembleia Mundial será divulgada a Estratégia do Setor Cooperativista para o Desenvolvimento da África.

Os interessados em assistir devem contatar o endereço abaixo

O Programa da Conferência pode ser visto em www.capetown2013.coop


# Final #

Para obter mais informações, contate:

Jan Schiettecatte
Diretor de Comunicações
Aliança Cooperativa Internacional
schiettecatte@ica.coop
Tel: + 32 2 285 00 76

www.ica.coop



NOTAS AO EDITOR

1. A Aliança Cooperativa Internacional (ACI ou ICA por sua sigla em inglês) é uma organização independente, não governamental, estabelecida em 1895 com o objetivo de unir, representar e atender cooperativas em todo o mundo. Ela oferece uma voz com alcance global e um fórum para o conhecimento, expertise e ação coordenada sobre e para cooperativas.

2. Os membros da ACI são organizações cooperativas internacionais e nacionais de todos os setores da economia, inclusive do setor agrícola, bancário, de consumo, pesca, saúde, moradia, seguro e trabalhadores. A ACI conta com membros de cem países, que representam um bilhão de indivíduos do mundo todo. No mundo, cem milhões de pessoas trabalham para uma cooperativa.

3. Cooperativas são associações de sucesso, baseadas em valores, e pertencentes a seus membros. Seus membros, sejam eles clientes, empregados ou moradores, estão em condições de igualdade no negócio e compartilham uma participação nos lucros.

4. Para obter mais informações sobre o Ano Internacional das Cooperativas visite www.ica.coop. Siga a ACI em twitter em @icacoop. Curta a página www.facebook.com/internationalcooperativealliance no Facebook.

Sem comentários: