Tivemos cerca de 85mil visitas desde janeiro/2016 - 7600/mês e mais de 212 mil desde julho/2007

23.9.10

Da crise, na crise e pela crise

Nos últimos meses só se fala em crise e de crises.

Em Tomar não se foge à regra. Mas o que é certo, é que o ambiente de negócios ligado directa e indirectamente ao Turismo, melhora em todos os indicadores.

A estratégia que montámos, as dezenas de milhares de euros que decidimos investir, parte deles com Financiamento comunitário, alicerçados em parcerias com diferentes entidades, que envolvem todos os produtores culturais do concelho, do teatro à Musica, da educação à etnografia, provam que investir tem retorno.

E os números aí estão a aparecer: Nos primeiros primeiros oito meses do ano de 2010, os nossos Monumentos da Cidade foram visitados por mais 7,5% de turistas, do que no ano anterior, num período em que o nosso maior monumento, o convento de Cristo, teve uma redução de 5%, especialmente devido ao aumento do preço dos bilhetes de 5 para 6€.

Num global de cerca de 87 mil visitantes aos nossos monumentos da Cidade (106 mil no Convento), tivemos um aumento de cerca de 6 mil.

É ainda um pequeno o impacto? Talvez.
Vale a pena continuar? Não tenho duvidas.
Parar este caminho seria um verdadeiro suicídio estratégico para uma Cidade e para um
concelho, que vem estando adiado há imenso tempo.

Sem comentários: