Tivemos 97.798 mil visitas em 2016 - 8150/mês, 46.866 de janeiro a maio de 2017 e mais de 274 mil desde julho/2010

23.6.05

O MANIFESTO ANTI-POLVO II

Fomos brindados esta semana, com mais um conto do fantástico: a recandidatura do Sr. que tudo sabe e manda, a Presidente da Câmara pelo PSD.

O Homem vive decididamente noutro mundo, ao achar que em Tomar são todos uns "pacóvios" que lhe veneram a sombra, ou que tendo medo da sua actuação "polvolar", se restringem à crítica privada e não o fazem publicamente.

Não é essa a postura do Presidente do PS! Nunca foi perante outros "aprendizes de ditador" no passado, não o é perante o futuro.

Nunca como hoje - especialmente depois de ler o anedónico da justificação da sua recandidatura -, que se exige uma Mudança forte no Concelho de Tomar.

O Homem não anda mesmo bem da cabeça: Quem ler o seu escrito, fica na dúvida se ele é Presidente de Câmara há sete anos. Fica na dúvida se ele fala do Concelho de Tomar, ou de qualquer outro espaço territorial virtual, que a existir, só na sua cabeça.

Então o Homem não vê aquilo que todos já viram: Investidores a fugir de Tomar, Empregos a fugir de Tomar, Famílias a fugir de Tomar, Jovens a fugir de Tomar, a Paciência a fugir dos Tomarenses.

E que dizer da mentira da colocação da GNR na Zona Industrial: Nunca esteve prevista!

E que dizer da mentira que nos tem contado sobre o negócio chorudo da parque de Estacionamento por detrás da Câmara?

E que dizer dos 600.000 contos de dívidas de curto prazo (até 1 ano) que a Cãmara tem com o pequeno comércio de Tomar?

E que dizer das "Paivadeiras", o maior monumento nacional ao disparate de uso de fundos públicos?

E as suas célebres rotundas: acanhadas, quais baias de gado bovino, constituindo um perigo à circulação automóvel, um desastre na fluência do trânsito, uma aberração na defesa dos direitos dos transeuntes, enfim uma completa aberração de engenharia, de estratégia e gestão de fundos públicos!
E que dizer da sua estratégia para o desenvolvimento do desporto em Tomar: Campos de Ténis, são mesmo o "cluster" desportivo que queremos? E os cerca de 400 jovens que aprendem Futebol em Tomar: qual o seu futuro?
E que dizer da promoção da Habitação Social em Tomar? Sete anos depois estamos na mesma!
Aliás digam com verdade: alguém conhece algum problema que o Concelho tivesse em 1997 que tenha sido efectivamente resolvido por este Senhor?

Mas ninguém interna o Homem?