Tivemos 97.798 mil visitas em 2016 - 8150/mês, 34.491 de janeiro a abril de 2017 e mais de 269 mil desde julho/2010

13.6.05

ESTOU CONTENTE, PORQUE ESTOU FELIZ...

O ambiente de preparação das autárquicas decorre, em Tomar, num ambiente ameno, sem que se dê suficiente atenção ao ímpar facto de o PSD ainda não ter candidato, nem Lista para a Câmara assumidos.

Nada disto seria estranho, se não corressem pela Cidade os mais díspares disparates sobre a eventual não candidatura do actual(ais) inquilino(s) do poder na Praça da República. Não acredito!
Mas também, tal facto é irrelevante sob o ponto de vista do futuro do Concelho. Todos sabemos que o PSD não se apresentará com qualquer projecto mobilizador, com qualquer estratégia de desenvolvimento. Aliás sabemos, isso sim, que sejam quais forem os protagonistas as políticas serão as mesmas: lei da Rolha para as opiniões contrárias, perseguições aos funcionários, deslizes financeiros em todas as obras, processos em tribunal por incumprimentos vários, falta de apoio às Freguesias e às Associações, incapacidade de promover o desenvolvimento económico e a fixação das populações.
Portanto, do PSD nada de novo! As únicas novidades serão o de saber como é que aqueles senhores vão resolver o "berbicacho" das aposentações que estavam à espera de ter, à nossa custa. Só isso os preocupa, só isso os motiva!
Quanto à CDU introduziu uma brilhante novidade: o seu objectivo é atacar o PS! Novidade, disse eu? Não. Tal também não é novidade. A novidade está em que a CDU se rendeu à proposta de solução do Metro de Superfície, apresentada pelo PS há vários anos. OK! Por aqui temos um bom começo. Agora aquela de "recauchutar" um velho político da praça, que defende uma coisa e pratica outra, não lembrava ao diabo para uma Lista encabeçada por uma Jovem promissora como é a camarada Silvia...
Quanto ao Bloco e ao CDS-PP, aguardamos com espectativa as suas propostas e os seus protagonistas, certos de que cumprirão as missões para as quais estão vocacionados: serem a séria consciência crítica à esquerda e à direita da sociedade Tomarense. Como socialista ambiciono que assim o consigam.
Enfim! Quanto à candidatura do PS ela aí está, calmamente, a recolher contributos para a sua Agenda para o Desenvolvimento do Concelho, colocando a ênfase no trabalho de proximidade com as pessoas e as forças vivas, liderando o progresso económico, dando-lhe o cariz social - marca histórica dos socialistas, impondo a responsabilidade, a eficiência e a eficácia do serviço público, apostando no Turismo e na Cultura, marcas únicas daquilo que tem sido o contributo de Tomar ao longo dos séculos para a Humanidade...
Recuperar a identidade de Tomar num contexto regional, é já de todos sabido ser um objectivo claro dos nossos candidatos.
Como dizia um amigo meu: estou contente porque estou feliz!
Participar num grupo de trabalho como este em que tenho tido o orgulho de trabalhar, com objectivos e com ética republicana de serviço público, só me pode mesmo deixar feliz: Porque sei que é assim que os meus dois filhos terão um Concelho melhor no futuro...