Tivemos 97.798 mil visitas em 2016 - 8150/mês, 46.866 de janeiro a maio de 2017 e mais de 274 mil desde julho/2010

9.6.17

Relatório de Inspeção Geral de finanças arrasa gestão financeira municipal de 2009 a 2013

A gestão do PSD, que o último relatório da Inspeção de Finanças avalia, nesse mandato de 2009-13 no qual servi como vereador, foi absolutamente miserável, diria mesmo quase criminoso - o que só tem par com as deliberações do primeiro mandato de António Paiva (PSD) - 1998/2001, relativas à concessão do estacionamento tarifado da cidade de Tomar à ParqueT.


Aliás, não foi por acaso que os eleitores não deram, em 2013, a vitória ao candidato do PSD, que havia sido o vereador (e depois presidente) responsável pelo setor financeiro de 1998 a 2013.

Recordo aqui, e ele não me vai levar a mal por isso, de várias conversas que tive com o então chefe de divisão financeira, curiosamente hoje candidato do PSD à Câmara, aliás das pessoas mais bem preparadas para tal demanda - como disse (e reafirmo), em entrevista que dei em setembro de 2016 ao jornal "O Cidade de Tomar".

Por diversas vezes perguntava a Luis Boavida, se ele não achava que devia haver um maior controlo do orçamento e ele olhava para mim, dizendo-me com aquele ar responsável que tem, independentemente de concordarmos com ele ou não (e eu nem concordo, nem sou do seu partido), que a pressão e as decisões do presidente (Corvelo) e do vereador (Carrão) eram impossíveis de não considerar.

Mas dizia-me mais: com delegação de competências espalhadas por toda a Câmara (cada vereador podia autorizar até 12.500€ e cada chefe de divisão até 5.000€), não havia forma objetiva de controlar a despesa.

Naturalmente, nesse dia percebi que quando o PS fosse para o poder NUNCA poderia deixar o presidente de ter, neste contexto, o total controlo financeiro sem delegações de autorização de despesa. E isso foi feito logo em 2013.

Naturalmente, que também nesse dia percebi que Luis Boavida era bem mais capaz para gerir uma Câmara, do que aqueles que estavam sentados comigo na sala da vereação...

Naturalmente, que o facto do PS o ter convidado para ser seu número dois em 2013, fazia todo o sentido: na altura queríamos MESMO os melhores do nosso lado. Não como hoje, que é o que se vai assistindo...

Hoje, ele é o nosso (do PS) principal adversário e isso só engrandece a democracia e o Concelho de Tomar.

Para a posterioridade fica a foto dos RESPONSÁVEIS pelo pior mandato autárquico de sempre: Que nunca nos esqueçamos delas!

Sem comentários: