Tivemos cerca de 87mil visitas desde janeiro/2016 - 7700/mês e mais de 214 mil desde julho/2007

10.11.13

Imagine no religion

Local original do post de Lucas Rebello (https://www.facebook.com/lucas248):
 
 
[Opinião]
 
John Lennon citou em uma das mais famosas (e bonitas) músicas de todos os tempos, Imagine, que se o mundo não tivesse religiões, viveríamos num lugar melhor. Muitos debates cercam o tema, você pode imaginar um mundo sem religião?

Imagine um mundo sem religião

Sem dúvida é preciso abstrair e ser muito criativo para imaginar como seria o mundo hoje se a civilização humana não se baseasse em uma única religião sequer. Eliminar a religião hoje é algo praticamente impossível, e não é melhor forma de se lidar com a questão.
 
A religião é um dos principais fatores para que o mundo seja tão violento como é hoje em alguns lugares. Caso ela não existisse, não teríamos ataques suicidas, eventos como o 11 de Setembro, Talibã e as infinitas guerras entre judeus e palestinos e outros povos do Oriente Médio.
 
 Muitas atrocidades ocorreram em nome de Deus, como as Cruzadas, onde milhares pessoas morreram, foram saqueadas sobre o pretexto da Igreja de reconquistar Jerusalém, deixando rastros de sangue por quase dois séculos. Em nome da religião se mata e também se salva. Pensar por esse lado nos fazer crer que se o homem nunca tivesse tido uma religião, o mundo seria melhor hoje.
 
Entretanto, a religião é aberta e sujeita a interpretações circunstanciais e influências sobre cada um de nós e tem sido usada para promover e apoiar movimentos de tanto guerra como paz, o que nos leva a concluir que a religião é nada mais que um instrumento usado conforme a habilidade de quem o domina, ou seja, não pode ser classificada como a causa do mal ou o contrário. A religião não é o único fator que gera conflitos; há inúmeros outros, entre os principais o dinheiro, mas todos eles se resumem à estupidez humana como um todo.
 
Ciência e principalmente a medicina estariam num pilar de desenvolvimento superior ao que é hoje. A religião cria barreiras para o avanço das áreas citadas, como o desenvolvimento de pesquisas com células-tronco, o uso de preservativos, aborto ou clonagem.
 
Em suma, a religião provavelmente nunca irá acabar, mas é possível imaginar o mundo sem ela. Menos guerras e mais avanços científicos e menos manipulação também.

Sem comentários: