Tivemos 97.798 leitores em 2016 e 99.854 em 11 meses de 2017 e mais de 327 mil desde julho/2010 (3,6mil por mês, durante mais de sete anos)

31.10.08

Nota do dia na Rádio Hertz

Esta foi a 3ªNota do dia na Rádio Hertz (98MHz Fm), que foi para o ar depois do noticiário das 13H00.
A próxima nota do dia será na Sexta-feira, dia 14 de Novembro.

Nota do dia de 31 de Outubro de 2008

Saudações a todos os ouvintes e vamos começar hoje esta nota do dia, com uma pequena referência à crise internacional, ou melhor, à sua expressão no contexto nacional.

Estamos a falar, claro está, do verdadeiro tiro no pé dado pela líder do PSD, Ferreira Leite, quando assumiu que dado o tempo de crise seria avisado o Governo não aumentar o salário mínimo nacional em 24€, para a "espantosa" quantia de 450€, com o ímpar argumento que tal prejudicaria as empresas portuguesas.

O PSD pretendia assim que o Governo Socialista fizesse tábua rasa dos acordos firmados em patrões e sindicatos, quiçá para o criticar de seguida [ao Governo].

Desde há dois anos que está acordado que o salário mínimo nacionalem 2009 é para ser de 450€, como sabemos que em 2011 deverá ser de 500€.

Em momentos de turbulência como este, é precisamente para aqueles que menos têm que devemos olhar.

Quatrocentos e cinquenta euros por mês é, ainda, um "salário de miséria" que não permite a ninguém viver com o mínimo de dignidade. Agora imagine-se com menos.

Ferreira Leite e o PSD, ao fazerem voz com alguns, poucos felizmente, patrões de empresas que exploram mão de obra neste País, prestou um mau serviço a Portugal, à política portuguesa e muito especialmente ao cerca de 10% de trabalhadores que ainda vivem com menos de 500€ por mês.

O segundo ponto de análise nesta nota do dia vai, de forma natural, para as obras do POlis em Tomar e para o disparate continuado que é a construção de muros de betão no Rio, sem cuidar de os revestir de um material, por exemplo pedra, que os enquadrasse com a beleza do nosso Rio Nabão.

Já propôs por diversas vezes o PS, na Câmara e Assembleia, que tal fosse feito, mas quer Paiva há 3 anos, quer Corvelo hoje, teimam em fazer as coisas mal feitas, só pela sua cabeça, sem ouvirem a opinião de ninguém.

Já agora e para terminar, lembrar que esta semana propôs o PS que o sentido da Ponte Velha fosse alterado, assim que entrar em funcionamento a nova Ponte dos Templários, ali para os lados do Flecheiro.

Desta vez esperamos uqe a maioria PSD que nos desgoverna há mais de dez anos tenha um rebate de consciência e aceite esta proposta séria, da única oposição credível, que é o a do PS.

Até daqui a quinze dias e façam o favor de ser felizes, neste nosso belo Concelho de Tomar.

Sem comentários: