O blogue teve 106.801 visitas em 2017 e mais de 361 mil desde julho/2010 +++ 22.195 visitas de janeiro a abril de 2018

3.5.18

Património Evolutivo Vivo - exemplo de sustentabilidade de Sistelo

Quando começamos nos anos 80 a ter património classificado, entre o qual o nosso Convento de Cristo e Castelo Templário de Tomar, estávamos longe de imaginar a sistemática classificação que, primeiro os patrimónios edificados, depois as expressões culturais e mais tarde as paisagens/ambientes, iriam ter na vida mundial.

O Homem do século XXI é o Homem mais viajado de todos os tempos. Nunca tantos viajaram tanto e para tão longe. Mas, se o Turismo foi a "nova" grande industria do século XX, a Cultura é cada vez mais a grande indústria do século XXI. Hoje viajamos cada vez mais para ver uma exposição, assistir a um concerto, visitar um espaço - com pessoas ou com paisagens, como nunca o fizemos no passado. Chamam-lhe Turismo-cultural, mas estou em mim que é mesmo Cultura, pois o sair "de nós" mesmos é o mais emergente ato de cultura, começado se calhar com o endeusamento de todos os elementos e, bem assim, com a criação de Deus, com extensão da imaginação não passível de racionalizar.

Eis que, de quando em vez, somos surpreendidos pela Cultura que está aqui ao virar da nossa esquina. Sim, porque também em Portugal temos exemplos únicos e exemplarmente preservados de lugares, paisagens, ambientes e vivências, que surpreendem qualquer um. E não, não precisamos de apanhar nenhum avião para os visitar, para os "viver".

Eis o exemplo da aldeia de Sistelo, no concelho de Arcos de Valdevez.
E ainda há quem ache que promover e dar assim a conhecer não é a essência da vida e da economia moderna..

Este lugar - Sistelo, está a caminho de classificação como Reserva Mundial da Biosfera, pela UNESCO.

É bom saber que o nosso Convento de Cristo/Castelo Templário, vão ter mais um parceiro na UNESCO. E um parceiro que nos lembra que o apelo da sustentabilidade, como vida, é possivel e desejável. 
Aprendamos!